segunda-feira, 23 de março de 2009

Resumo - Feito pelo grupo

O Romance A Moreninha inicia com uma aposta feita por Filipe e Augusto, ela se trata do amor que Augusto negava sentir em relação ás mulheres, e para provar que isso não era verdade, Filipe disse que se ele se apaixonasse dentro de certo tempo, teria que fazer um livro contando tal paixão.

Então os estudantes de medicina Augusto, Filipe, Leopoldo e Fabrício foram passar o dia de Sant’Ana na ilha onde morava a avó de Filipe, D. Ana, juntamente com sua irmã e suas primas.

Logo após ter chegado à ilha o jovem Augusto conheceu a irmã de Filipe, D. Carolina, mais conhecida por todos como A Moreninha, menina travessa e vaidosa. Porém, ele não se agrada dessa personalidade. Mas com o passar do tempo aquele desprezo passou a se tornar em atração. E foi assim que se iniciou uma história de amor entre o casal.

No entanto, certo dia, Augusto confessa a D. Ana em uma gruta da ilha, que assumiu um compromisso com uma menina quando ainda era criança, jurando-lhe amor eterno e que se casaria com ela, e para confirmar simbolicamente esse amor, antes de morrer um velho homem deu a cada um deles um breve. Durante esta conversa Augusto não sabia que D. Carolina estava escondida escutando-os.

Augusto e seus amigos voltam para a Corte, mas ele não para de pensar em D. Carolina a toda hora, chegando até a adoecer por não ter ela a seu lado, então passado alguns dias Augusto volta com seu pai até a ilha para rever sua amada, que estava ansiosa esperando o retorno do estudando.

Ao chegarem, D. Ana os convida para um almoço, logo após o pai de Augusto conversa com a avó de D. Carolina sobre o casamento dos jovens, pois seu filho estava apaixonado por ela. D. Ana chama a neta para confirmar o compromisso e essa por sua vez fala que daria a resposta na gruta para Augusto.

Ao chegar a gruta D. Carolina revela que escutou a história que Augusto contou a D. Ana e fala que não pode casar com ele, pois ele ama outra pessoa, ele fala a ela que isso foi uma promessa de criança e que nem sabe onde se encontra essa mulher.

D. Carolina não aceita as explicações de Augusto e fala para ele ir ao encontro desse amor de infância e dizer que não estava mais apaixonado por ela, só assim ele poderia retornar à ilha.

Nesta situação, D. Carolina conta a Augusto que quando era criança também havia conhecido um menino e com ele havia trocado breves, assim ela o mostra o camafeu, e ele cai em seus pés dizendo que ela era o amor de sua vida.

Quando D. Ana, o pai de Augusto e seus colegas chegam a gruta se deparam com uma cena de felicidade e amor.

Então Filipe diz a Augusto que ele havia perdido a aposta e Augusto fala que o seu romance se intitularia “A Moreninha”.

35 comentários:

  1. 1) Qual a relação entre Paula e Moreninha?

    2) Como era Augusto? E como suas características contribuíram para a narrativa?

    3) Por que foi importante a lenda indígena, contada pela avó de Moreninha para Augusto na narrativa?

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. 1.Baseando-se em passagens do texto, a que classe social pertence os personagens principais?

    ResponderExcluir
  4. 2. Qual as características da personalidade de Carolina parecem no decorrer da história?

    ResponderExcluir
  5. 3. O final feliz aparece quase sempre em todos os romances românticos. Com base nissso explique a idealização romântica.

    ResponderExcluir
  6. 1- Qual a importância da natureza no decorrer da narrativa?

    2- Que classe social pertenciam os freqüentadores do sarau?

    3- Macedo escreve sua obra para se distrair do que?

    ResponderExcluir
  7. Respostas: (grupo AMM)

    1) Eles pertenciam a Burguesia. Um exemplo desta afirmação seria da vida em que eles tinham, em meio a festas e lazer.

    2) Era uma jovem de traços morenos, tinha uma personalidade vaidosa, sedutora e principalmente o que mais se destacava nela era seu jeito travesso de ser.

    3) Macedo deteu-se em escrever o enredo no qual predomina-se como principal característica o amor e suas peripécias, pois era a característica mais presente nas obras da época. Obtendo assim, o tão esperado final feliz.

    ResponderExcluir
  8. 1-Porque Augusto dizia que era incapaz de se apaixonar por muito tempo por uma mesma pessoa?

    2-O que a moreninha fez enquanto esperava o barco encima do rochedo?

    3-Porque D.Carolina revelou para D.Ana que tinha escutado a história de Augusto?

    ResponderExcluir
  9. 1 – Porque Fabrício queria terminar o namoro com Joana?

    2 - O livro trata sobre uma lenda indígena em seu contexto? Qual a sua importância?

    3 - Porque o velho moribundo deu o breve e o camafeu para as crianças?

    ResponderExcluir
  10. 1:Com que objetivo Augusto,Filipe,Leopoldo,Fabrício,fizeram a aposta?e qual foi ela?

    2:O Romance a"A Moreninha" desenvolve vários fatos em torno de um tema central que constitui se uma lenda,qual é o tema central?E a que lenda se refere?

    3:Numa época sem rádio,televisão,qual era a maneira de divertimento das pessoas?

    ResponderExcluir
  11. Respostas: (grupo Mônica, Jéssica, Fernanda, Adriele)

    1) O objetivo era que se Augusto conseguisse se apaixonar por uma jovem durante quinze dias ou mais, já que ele sempre se julgava incapaz de se apaixonar por tanto tempo por uma mesma jovem, teria que escrever um romance contado tal paixão.

    2) O tema central do texto é o amor de D. Carolina e Augusto e todas as suas peripécias. Era a lenda de uma índia chamada Aí que tinha um amor não correspondido por um índio de nome Aoitin. E de tanto ela chorar por ele deu origem a fonte, cuja sua água era encantada.

    3) Eram os folhetins, pois neles as pessoas, principalmente as mulheres, achavam uma forma de sair um pouco de sua rotina e se imaginar nas histórias contadas.

    ResponderExcluir
  12. 1) Naquela época, que importância os saraus tinham para a vida social ?

    2)Qual linguagem o autor utiliza no texto, que o aproxima mais do público?

    3) Como era a personalidade de D. Carolina? E porque Augusto não gostava de tal personalidade?

    ResponderExcluir
  13. Atentar para os problemas de linguagem como pontuação, concordância etc.

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. A lenda indígena conta á Augusto por D. Ana contribuiu profundamente para o fortalecimento do amor que começava existir entre D. Carolina e Augusto.
    Como assim?

    ResponderExcluir
  16. Resposta: (grupo O Grande Sargento)

    1) Porque ele sofreu tanto por amor, que jurou para si mesmo nunca mais amar alguma jovem, mas sim aproveitar de todas elas. Pois seu coração era de só uma a menina da praia que ele nem o nome sabia, mas que com ele a levava no coração.

    2) D. Carolina estava cantando em cima dos rochedos à espera do barco, que trazia Augusto e seu pai.

    ResponderExcluir
  17. Respostas: (grupo Amantes da Literatura)

    1) O cenário harmonioso e belo da ilha era perfeito para que surgisse um grande amor, como ocorreu com Augusto e Moreninha.

    2) Aqui se encaixa perfeitamente a mesma resposta para a pergunta 1 do grupo acima:
    Eles pertenciam a Burguesia. Um exemplo desta afirmação seria da vida em que eles tinham, em meio a festas e lazer.

    ResponderExcluir
  18. Relembrando: A Webgincana completará a avaliação do primeiro trimestre e seu “peso” é 10. Os alunos que não alcançarem a nota mínima exigida (6,0) poderão responder mais cinco questões sobre o mesmo assunto como forma de recuperação da aprendizagem. O projeto da atividade já está aprovado pela Supervisão da escola e arquivado naquele setor, de modo que aja um embasamento teórico-metodológico para a realização das ações previstas.

    Os grupos formados em cada turma devem ser comunicados à professora nas aulas dos dias 13 e 14 de abril (respectivamente pelas turmas 301 e 302). Podem ser os mesmos grupos do projeto “Bom de prosa” ou da atividade sobre poesia ou ainda outros grupos formados conforme as identificações pessoais. Seria interessante que fossem os grupos do projeto “Bom de prosa” porque, neste caso, vocês postariam as respostas pelos blogs já construídos, mas nada invalida a formação de outros grupos.
    A primeira questão já foi publicada e a resposta deve ser postada, neste blog, até o dia 15. Em seguida, estará disponível a questão seguinte, cuja resposta deverá ser apresentada até o dia 18 de abril, sábado! E, assim, sucessivamente...

    Atenção: algumas questões poderão exigir tarefas a serem cumpridas em aula, portanto, preste atenção a cada enunciado e o que, de fato, está “sendo pedido” pela professora.

    Uma dica importante: depois do Romantismo, do Realismo, do Naturalismo, do Parnasianismo e do Simbolismo, no início do século XX, inicia-se uma nova fase na literatura brasileira e esta fase será objeto de nossos estudos, logo...as perguntas versarão sobre o referido período.

    Não esqueça: a resposta para cada pergunta publicada terá uma data marcada para ser postada, respostas postadas posteriormente serão invalidadas.

    ResponderExcluir
  19. Respostas: (nnl302: Naiara, Naiom e Lucian)

    1) Os saraus eram uma forma de divertimento para a burguesia da época.

    2) Joaquim Manuel de Macedo usava uma linguagem simples no romance A Moreninha, por isso o público tinha uma clareza melhor do que estava escrito na obra.

    3) Augusto, ao conhecer D. Carolina, não gostou dela por suas características travessa e caprichosa e pretendia tratá-la com frieza para não se sujeitar a sofrer suas travessuras.

    ResponderExcluir
  20. Dia 13.04, segunda-feira, meia noite e cinco minutos: tempo esgotado.

    ResponderExcluir
  21. Resposta: (grupo Garotas da Literatura)
    1) A Moreninha tinha uma relação de ternura e gratidão com Paula, pois ela serviu de ama na criação da Moreninha.
    2) Augusto era estudante de medicina, um jovem inconstante em relação aos seus namoros, e por isso Filipe havia desafiado-o com uma aposta a qual permanece até o final da história. Tinha um amor de infância, do qual nunca havia esquecido e por isso nunca se entregava a uma nova paixão, de modo que no final do livro fez com que D. Carolina não aceitasse seu pedido de casamento, que só pode ser realizado após a descoberta que a Moreninha era a sua amada da infância.
    3) A lenda indígena é contada à Augusto por D. Ana e acaba contribuindo profundamente para o fortalecimento do amor que começava existir entre D. Carolina e Augusto, pois a história do casal indígena começava a fazer com que o amor de D. Carolina e Auguto tizesse um sentido maior, ou seja, as semelhanças relaciondas ao amor de ambos.

    ResponderExcluir
  22. Professora Elaine! A resposta a seguir realmente estava com muitos erros:
    A lenda indígena conta á Augusto por D. Ana contribuiu profundamente para o fortalecimento do amor que começava existir entre D. Carolina e Augusto.
    Mas já corrigimos...se puder reavalie ela.

    ResponderExcluir
  23. Respostas: (grupo Endy, Fernanda e Raquel)

    1) Ele resolveu terminar por causa das grandes exigências feitas por D. Joana. Um exemplo era que ele deveria passar na frente da casa de D. Joana duas vezes de manhã e duas à tarde.

    2) Para essa pergunta respondemos o mesmo que ao grupo Garotas da Literatura:
    A lenda indígena é contada à Augusto por D. Ana e acaba contribuindo profundamente para o fortalecimento do amor que começava existir entre D. Carolina e Augusto, pois a história do casal indígena começava a fazer com que o amor de D. Carolina e Auguto tizesse um sentido maior, ou seja, as semelhanças relaciondas ao amor de ambos.

    3) Ele deu os breves como forma de selar o amor entre as crianças e para que elas, mesmo passado muito tempo, nunca esquecessem uma da outra.

    ResponderExcluir
  24. - A atividade de revisão dos conteúdos proposta sob a forma de blogs já está encerrada. Não precisa mais postar respostas ou fazer comentários nos demais blogs, porque a avaliação considerará apenas as postagens feitas até o dia 13 de abril.

    - Na proposta da Webgincana, em momento algum, cogitou-se a possibilidade de correções das respostas dadas, logo, não existe necessidade de enviar emails ou comentários alterando as respostas, eles não serão considerados. Observe as datas de postagem e envie seu comentário ou email naquelas datas especificadas, após ter certeza da resposta que o grupo quer apresentar..

    ResponderExcluir
  25. A que escola literária pertence o romance A Moreninha? e duas características com comprovação.

    ResponderExcluir
  26. Porque Carolina sempre quis conversar com Augusto na gruta? Tem algum significado?

    ResponderExcluir
  27. Porque não mostra o nome da ilha?

    ResponderExcluir
  28. 1- Qual é o tema central de A moreninha ?
    2- Em que sentido podemos dizer que Joaquim Manuel de Macedo, em A Moreninha, é um escritor romântico ?
    3- Como melhor podemos definir A Moreninha no contexto da literatura brasileira?
    4- Em termos de representação, A moreninha:
    a) vale-se de que tipo de tecnica?
    b) Privilegiava qual tipo de paisagem ?
    5- Qual é a principal característica do narrador de A moreninha?
    6- Qual é o principal traço diferencial do narrador de A moreninha? Quando e como isso revela ?

    ResponderExcluir
  29. 1- no texto predomina o dialogo: que contradição leopoldo identifica na fala de augusto?

    2-que relação e conjução foi estabelecida entre as orações?

    a)porque ha tantas ocorrências de conjuções na fala de augusto?

    ResponderExcluir
  30. 1.Atividade: 01.No texto lido predomina o diálogo. Que contradições Leopoldo identifica na fala de Augusto?

    02.Releia o quarto parágrafo do texto.

    a) Que relação a conjunção ou estabelece entre as orações?
    b) Por que há tantas ocorrências dessa conjunção nessa fala de Augusto?

    03.Explique o comportamento romântico de Augusto a partir desta análise feita por Leopoldo: - Não é tua cabeça, Augusto, é o teu coração. (linha 34)

    04.Identifique no diálogo traços de linguagem que indicam a proximidade e intimidade fraternal entre Leopoldo e Augusto.

    05.No texto há mais de vinte reticências e mais de dez pontos de exclamação. Explique o efeito de sentido que o autor busca utilizando essa pontuação.

    ResponderExcluir